Puericultura: Entenda a sua Importância

Puericultura: Entenda a sua Importância

A chegada de um bebê traz diversas dúvidas e inseguranças, não é mesmo?! Dentre elas, a escolha do pediatra. Assim, cada vez mais as famílias têm optado pela medicina preventiva, ou seja, o acompanhamento do desenvolvimento infantil com consultas de puericultura.

Nosso post de hoje é sobre puericultura e qual é a importância do acompanhamento do desenvolvimento do bebê ou da criança para o seu bem-estar global. Ficou curioso ou curiosa? Vamos lá!

O que é puericultura?

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, a puericultura é uma subespecialidade dentro da pediatria e remete aos cuidados para promover e proteger a saúde das crianças, oferecendo atenção integral e compreendendo-as como indivíduos em desenvolvimento e com suas particularidades.

Para isso, leva em consideração a criança, sua família e o entorno, analisando todo o conjunto bio-psico-sócio-cultural.

Quais objetivos da consulta de puericultura?

De acordo com o Manual MSD, as consultas de puericultura têm por objetivo:

  • Promover a saúde;
  • Prevenir doenças com vacinação de rotina e educação;
  • Detectar e tratar doenças precocemente;
  • Orientar os pais a aprimorar o desenvolvimento intelectual e emocional da criança.

O que a puericultura acompanha?

De uma forma geral, a puericultura faz o acompanhamento integral do processo de desenvolvimento infantil.

Para isso, busca analisar o processo de crescimento, o desenvolvimento físico e motor, a linguagem, a afetividade e a aprendizagem cognitiva da criança.

Medicina preventiva: benefícios do acompanhamento precoce

Muitas famílias pensam, de maneira errônea, que a puericultura é apenas indicada para bebês ou crianças com algum tipo de problema. Entretanto, diferente do que pensam, a American Academy of Pediatric (AAP) recomenda esquemas de cuidados de saúde preventivos para crianças sem problemas de saúde significativos e que estão crescendo e se desenvolvendo de maneira satisfatória.

No caso de crianças portadoras de desenvolvimento tardio, problemas psicossociais ou doenças crônicas, há a necessidade de aconselhamento, consultas e de tratamento frequentes, separados das consultas dos cuidados preventivos. Também, é importante reforçar que a puericultura tem como objetivo realizar uma medicina preventiva.

Como é feito o acompanhamento na consulta de puericultura?

Para avaliar e monitorar o desenvolvimento motor, cognitivo e social da criança e a interação entre os pais e a criança, as avaliações são feitas das seguintes formas (fonte: Manual MSD):

  • Obtendo dos pais e da criança anamnese completa;
  • Fazendo observações diretas;
  • Às vezes, buscando informações de fontes externas como professores e outros cuidadores da criança.

Por ser voltada à detecção precoce de problemas, a consulta de puericultura se diferencia do diagnóstico e do tratamento clínico.

Puericultura: Principais benefícios

Em relação a consulta de puericultura, o pediatra ou a pediatra tem condições de detectar precocemente diversos tipos de distúrbios, tais como psicomotores, nutricionais ou de crescimento, antes que eles cheguem a causar prejuízos irreversíveis para o desenvolvimento do bebê ou da criança.

Assim, com a observação atenta ao histórico de desenvolvimento infantil, é possível diagnosticar falhas ou atrasos do desenvolvimento em áreas específicas, sendo possível intervir assim que essas alterações forem detectadas.

Quando procurar uma consulta?

A puericultura deve ser realizada desde os primeiros dias de vida, se estendendo até o final da adolescência. Ela tem papel fundamental nas mais diversas áreas, tais como no suporte à amamentação, na orientação sobre as vacinas, na introdução de novos alimentos na dieta e no monitoramento dos fatores de risco ao longo do desenvolvimento da criança.

 

Consultas pediátrica tradicionais e consultas de puericultura: principais diferenças

Em geral, a família procura uma consulta pediátrica tradicional quando há uma queixa específica sobre a saúde do bebê ou da criança. Por exemplo, se a criança apresenta algum problema gástrico, marca-se uma consulta com um gastropediatra.

Já a consulta de puericultura por sua vez, tem como objetivo a avaliação completa do paciente, desde a pesagem, capacidade auditiva e visual até o desenvolvimento neuropsicomotor, dentre outros aspectos. Para isso, este tipo de atendimento exige mais tempo para que a criança seja avaliada de maneira global.

 

Sinais de alerta no desenvolvimento infantil

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) pontua que nenhuma criança “pula” etapas no seu desenvolvimento: ela, simplesmente, acompanha uma sequência e varia no ritmo, que estão relacionadas com características individuais. Entretanto, vale lembrar que existem alguns marcos como, por exemplo, de linguagem, que são fundamentais serem acompanhados.

No caso da linguagem, as crianças começam a falar as primeiras palavras em torno de um ano de vida, fazem suas frases com dois anos e existem os chamados “sinais de alerta”. O que são esses sinais?

  • Quando a criança, aos 12 meses, não emite nenhum som ou nenhuma palavra;
  • Quando, aos 24 meses, não faz as frases.

Dessa forma, é importante reforçar que isso não é sinônimo de doença. São sinais de alerta para que se possa entender o que está causando aquele atraso de uma habilidade que já deveria ter acontecido.

 

Onde encontrar consulta de puericultura em Campinas?

Se sua família mora em Campinas (São Paulo) ou região, é possível fazer o acompanhamento do seu bebê ou criança com uma consulta de puericultura. A Clinica Pediatra Campinas oferece um atendimento especializado. Marque agora mesmo uma consulta preventiva para seu filho ou filha.

Quer acompanhar mais notícias e novidades sobre cuidados com bebês e crianças, dicas de introdução alimentar, principais cuidados e muito mais? Acompanhe sempre nosso blog.